NOTÍCIAS · NEWS

"O CONSUMIDOR VAI CONTINUAR A PRECISAR DE UM ESPAÇO FÍSICO"

26/05/2019

tecnologia e as rápidas alterações nos hábitos do consumidor foram dois elementos críticos para a mudança no sector do retalho. Segundo Chris Igwe, uma das principais autoridades mundiais em retalho, a adaptação do sector foi lenta porque não existia uma estratégia para lidar com esta realidade. “As pessoas achavam que não ia ser uma mudança tão significativa, mas acabou por se transformar num tsunami”, acrescenta.

Consultor de algumas das maiores marcas globais, Igwe acredita que, no futuro, o consumidor será ainda mais imprevisível. Para responder às novas exigências, defende, o sector terá que se adaptar constantemente.

O especialista antecipa que surgirão várias novas start-ups para oferecerem aos consumidores, de forma mais rápida, os produtos e serviços que estes procuram. Assim, o comércio eletrónico, as lojas com baixo desempenho e a falta de produtos diferenciadores e atraentes terão um grande impacto nos negócios do retalho. Igwe admite que poderá existir “uma redução de mais de 25% no número de lojas dos grandes retalhistas”.

Para o especialista, os centros comerciais com baixo desempenho poderão vir a ser transformados em espaços com outras utilizações, como, por exemplo, hotéis, escritórios ou até mesmo residências. Os projectos de utilização mista dos centros comerciais serão também cada vez mais comuns, visto que aproveitam as oportunidades de cada classe de activos e reduzem os riscos de desenho insatisfatório do centro.

Apesar deste cenário aparentemente pouco animador, Chris Igwe acredita que “o consumidor vai continuar a precisar de um espaço físico no qual se possa relacionar com a marca e com o produto.” Assim, para garantir que o consumir tem a melhor experiência com a marca em todos os pontos de contacto, seja através da loja online ou física, é essencial que a estratégia geral do sector seja pensada de forma adequada. Neste sentido, o consultor conclui que as associações comerciais desempenham aqui um papel fulcral, como “catalisador e espaço de debate das novas estratégias”, que, entende, devem ser “conjuntas”.

PATROCINADORES · SPONSORS

 
Café
Coffee-Break
Lanyard
Pastas